Novidades na API versão 2 para emissão de NFe e NFCe

Aproveitando a mudança iminente para NFe 4.0, alteramos a nossa API fazendo diversas melhorias para agilizar a emissão de notas fiscais, facilitar o desenvolvimento e aumentar a segurança do sistema.

A versão anterior da API irá continuar em operação por tempo indeterminado. Fica a critério do desenvolvedor fazer upgrade da sua versão.

Abaixo listamos as principais mudanças na API

1. Nova URL – Agora com versionamento de API e 100% REST

A API de NFe foi padronizada para seguir a mesma estrutura da emissão de NFCe (padrão REST) e agora a URL de emissão inclui a versão da API, exemplo: https://api.focusnfe.com.br/v2/nfe

É também obrigatório agora o uso de SSL em ambiente de produção.

2. Novo mecanismo de autenticação

Agora é possível usar o método HTTP Basic Auth ao invés de passar um token por parâmetro. O modelo antigo ainda funciona mas o novo modelo permite maior segurança, pois o token não será armazenado em histórico de navegadores ou em qualquer log de acesso.

3. Suporte a JSON, apenas JSON.

Abandonamos o suporte a linguagem YAML e agora é obrigatório o uso de JSON. Esta mudança foi feita pois agora JSON se tornou o padrão de facto para APIs REST, sendo que praticamente qualquer linguagem moderna possui uma biblioteca para serialização neste formato.

O padrão YAML apesar de parecer simples, não possui suporte nativo a todas as linguagens o que pode estimular o desenvolvedor a usar apenas concatenação de strings manual para serializar os dados. Isto poderia ocasionar problemas dependendo dos dados utilizados. Com o formato JSON e uso de bibliotecas adequadas, eliminamos este problema.

4. Cancelamento e Carta de Correção agora são síncronos

A operação de cancelamento de NFe  e a operação de emissão de Carta de Correção agora é síncrono, ou seja, não é necessário aguardar um processamento em segundo plano para isso. Isto simplifica a API de várias formas.

5. Cálculo automático de totais

Alguns campos da API agora são calculados automaticamente com base nos itens recebidos. Você não irá mais precisar somar manualmente todos os impostos da nota. Esta melhoria é válida apenas para quem já migrou para NFe versão 4.00

6. Nota denegada agora não pode ser reenviada com a mesma referência

Um nota é denegada quando ocorre alguma irregularidade fiscal no cadastro do emitente e do destinatário. O SEFAZ considera este tipo de nota como se fosse uma “denúncia” e gera um número de nota e XML que devem ser armazenados como uma nota qualquer.

Um erro de nota denegada causava confusão pois um número era consumido e era permitido o reenvio da nota usando a mesma referência, fazendo com que esta mesma referência consumisse dois números de nota fiscal. Agora, uma nota denegada é um status final e a nota deverá ser reenviada (quando corrigido o problema do cadastro) apenas usando outra referência.

7. Reenvio de email por API

Agora é disponibilizada uma operação para enviar uma nota por email para qualquer endereço indicado.

8. Webhook

Estamos finalizando a implementação que permite que nosso próprio sistema faça uma chamada na URL de sua escolha, informando a mudança de status no processamento de uma nota fiscal. Desta forma você não precisará mais fazer “polling” para consultar o status do processamento. Aguarde as novidades!

A documentação da nova API você acessa aqui: http://focusnfe.com.br/api/doc/v2/nfe

Esta API está primeiramente disponível apenas para NFe. Em breve iremos disponibilizar também para NFCe.