Conheça 6 ideias inovadoras para reduzir custos em empresas SaaS

Conheça 6 ideias inovadoras para reduzir custos em empresas SaaS

Nas empresas SaaS, cada centavo investido conta e deve ser bem administrado para garantir produtos finais competitivos e acessíveis aos clientes. Nesse sentido, é preciso de ideias inovadoras para reduzir custos e tornar o negócio mais “enxuto”.

Muitas ações podem ser implementadas, por exemplo, assegurar a eficiência no que é feito com a automação de processos ou terceirizar serviços estratégicos. Assim, além de reduzir custos específicos, será possível agregar agilidade e segurança ao trabalho.

A seguir, reunimos tudo o que é preciso saber cerca do tema e 6 dicas inovadoras para reduzir custos em sua empresa SaaS. Portanto, continue com a leitura do nosso artigo. Boa leitura!

1. Mantenha o foco na atividade-fim da empresa

A atividade-fim da empresa é o que ela se propõe a fazer no mercado. Uma startup de moda, por exemplo, tem como atividade-fim a venda de roupas ou acessórios. Ao manter o foco na atividade principal, é possível aumentar a eficiência operacional e reduzir custos.

Para tanto, uma ótima dica é terceirizar atividades-meio, como o branding da empresa SaaS ou serviços de limpeza e segurança. Isso vai garantir que todos do time mantenham o foco no que realmente importa, reduzindo custos secundários.

No entanto, para evitar transtornos e garantir a adequada execução das atividades-meio, tão essenciais quanto as atividades-fim para o sucesso do negócio, é preciso buscar por fornecedores com boa reputação e negociar planos acessíveis à empresa.

2. Empodere o time para solucionar problemas

Uma fonte de custos muitas vezes não percebida pela liderança empresarial são os erros e problemas que ocorrem no expediente.  Eles causam paralisações, tornam o trabalho mais demorado, afetam a satisfação dos clientes e aumentam o churn rate. Sendo assim, podem ser considerados uma imensa fonte de custos à empresa.

Nesse caso, a dica é dar mais poder à equipe de trabalho, permitindo a ela solucionar as demandas existentes sem demandar, de modo prévio, reportar aos seus superiores e precisar de uma série de autorizações para agir. Lembre-se de que, além de custar muito tempo, essa burocracia pode agravar problemas e inibir a proatividade dos talentos.

3. Conte com tecnologias de automação de processos

A automação de processos significa a substituição de boa parte do trabalho humano pelo de máquinas, o que pode aumentar a produtividade e eliminar vários problemas. Hoje, muitas organizações estão optando pela automação e obtendo ótimos resultados.

Nas empresas, mesmo os setores mais operacionais já adotam a automação. O RH é um bom exemplo. Segundo a Deloitte, 56% das empresas já reformulam seus processos tradicionais para aproveitar ferramentas digitais. Para outros setores, como o de vendas ou TI, a demanda pela automação é ainda mais latente e precisa ser suprida rapidamente.

Um bom exemplo está na emissão de NF. Antes, a empresa SaaS poderia levar horas — e tempo é dinheiro — para fazer isso. Hoje, é possível incluir a funcionalidade de emissão de NF no próprio sistema e fazer tudo de modo muito mais rápido e acertado.

4. Identifique custos estratégicos e não estratégicos da empresa

Ao parar para estudar gestão financeira, você verá que existe uma enorme variedade de custos, como os fixos, variáveis, diretos e indiretos. Bob Fifer, economista formado em Harvard, gosta de dividi-os em estratégicos e não estratégicos.

A ideia é que os custos estratégicos são capazes de gerar novos negócios para a empresa ou reter clientes, a exemplo de ações de marketing ou tecnologias destinadas à melhor performance. Custos não estratégicos são destinados apenas à manutenção da empresa, como gastos com aluguel ou com materiais de limpeza diária.

Portanto, a dica é: reduza ao máximo os custos não estratégicos existentes em seu negócio. Assim, poderá operar com melhores margens e lucrar. Quanto aos custos estratégicos, invista mais que a concorrência, para poder operar com excelência.

5. Monitore os indicadores de desempenho financeiro

Para reduzir custos, uma importante dica é manter o foco nos atuais indicadores-chave de desempenho ligados às finanças. Assim, você poderá saber se tudo está indo bem, planejar melhorias e decidir com maior eficácia acerca das mudanças necessárias.

Como são muitos os indicadores existentes, o ideal é manter o foco nos que realmente importam para sua empresa SaaS. Alguns dos principais são:

  • percentual de lucratividade;
  • índice de liquidez;
  • retorno sobre o investimento;
  • crescimento mês a mês.

Todos esses indicadores são relativamente fáceis de calcular. Para identificar o percentual de lucratividade, por exemplo, basta dividir o lucro líquido pela receita geral do mesmo período e multiplicar o total por 100. Em outro exemplo de indicador, para identificar o crescimento mês a mês, basta usar a seguinte fórmula:

  • crescimento (%) = (receita do mês atual – receita do mês anterior) / receita do mês anterior x 100

Ao colocar esses indicadores em prática, você terá uma visão muito mais holística da empresa e poderá atuar de modo estratégico. Também saberá se o negócio está saudável financeiramente e o quanto de custos precisam ser eliminados.

6. Priorize projetos com elevado Retorno Sobre o Investimento

No ímpeto de crescer, toda empresa SaaS desenvolve e implementa novos projetos de modo contínuo. Isso faz parte de uma clara estratégia de growth hacking, focada no crescimento contínuo, sustentável e saudável.

A questão é: todo projeto tem custos que oneram a empresa e nem sempre há capital suficiente para investir. Logo, uma ótima dica é fazer a análise preditiva do retorno, objetivando identificar os projetos mais rentáveis e, portanto, que devem ser priorizados no dia a dia.

Aqui, o cálculo do ROI (do inglês: Return On Investment) ganha destaque. Ele relaciona o investimento feito e o retorno obtido (nesse caso, de modo preditivo) para avaliar os melhores investimentos e selecionar aqueles que devem ser priorizados.

Como é possível observar, há uma série de ideias inovadoras para reduzir custos em empresas SaaS. Em geral, elas estão relacionadas ao aumento da eficiência operacional ou à redução de custos não estratégicos. Ao aplicá-las, será possível arquitetar um negócio mais lucrativo, atraente e capaz de crescer acima da média do mercado.

Agora que você está por dentro do assunto e conhece as ideias mais inovadoras para reduzir custos, aproveite para compartilhar conosco suas principais dúvidas, sugestões ou experiências sobre o assunto. Deixe seu comentário no post. Vamos lá!

Utilize uma API para emissão de documentos fiscais eletrônicos

Nota Fiscal eletrônica é assunto sério e pode dar muito trabalho para seu time de desenvolvimento. Mas você não precisa se preocupar e nem ter um custo alto para terceirizar a emissão destes documentos. A Focus NFe é uma plataforma especializada em documentos fiscais. Atua no mercado desde o surgimento desta tecnologia. Empresas de todos os portes já emitiram mais de 11 milhões de documentos fiscais.

Veja abaixo a lista de todas as APIs disponíveis na Focus NFe

  • NFe: Emita Nota Fiscal Eletrônica
  • NFSe: Nota de serviço com um formato único e simplificado
  • NFCe: Nota ao consumidor
  • CFe SAT: Em SP? Sem problemas, temos integração com SAT também.
  • CTe: Conhecimento de transporte eletrônico (inclusive CTe OS)
  • MDe: Receba por webhooks todas as notas emitidas para o seu CNPJ

Além de APIs acessórias úteis para o seu software.

  • CEP: Busca de CEPs sempre atualizada com a base de dados dos Correios
  • CFOP: Consulte todos os códigos fiscais de operação
  • NCM: Mantenha o cadastro de produtos de seu cliente sempre correto com o código NCM padronizado