Ciclo de venda SaaS

Ciclo de venda SaaS

Nos posts anteriores da série sobre vendas SaaS, conseguimos entender o que é e como funciona esse tipo de venda, quais os seus modelos e suas principais métricas. No geral, a complexidades das vendas em SaaS depende muito do modelo de software que se está vendendo e do tamanho das empresas que estão aderindo a esse modelo de negócio. Abaixo, um breve resumo de como é o ciclo de vendas SaaS e fatores que podem retardar esse tipo de venda.

O ciclo de vendas SaaS varia de acordo com alguns fatores muito importantes nesse tipo de negócio. O valor da mensalidade, por exemplo, é uma via de mão dupla, que pode ou não afastar os clientes e prolongar uma negociação. Um software que possui uma mensalidade de R$100,00, por exemplo, terá um ciclo de vendas mais baixo do que um sistema que exige um pagamento anual de R$50.000,00. Não que isso seja um problema, já que sistemas personalizados como foco em determinados tipos de empresas, normalmente têm um custo mais elevado, o que ocasiona um tempo maior de negociação.

E por falar em sistemas personalizados, esse é um outro fator que pode aumentar o ciclo de vendas. Empresas SaaS que vendem sistemas de alta complexidade normalmente possuem um público diferenciado, que provavelmente precisam de uma aplicação que funcione a longo prazo, o que gera um tempo maior na negociação, pois pode envolver diversos níveis de ambas as empresas, além de customizações demoradas que podem ou não fazer sentido para quem está vendendo.

São diversos os fatores que temos que ficar atentos quando estamos realizando uma venda, e isso não diferente em SaaS, ainda mais quando falamos do ciclo de vendas. Um software com custo baixo, provavelmente vai possui um ciclo de vendas menor, o que acarreta em mais contratações, mas não necessariamente lucros maiores. O mesmo pode ser dito de softwares complexos, que custam mais caro e possuem um ciclo maior, diminuindo o volume de clientes, o que não impede que o retorno financeiro seja alto.

https://blog.hubspot.com/sales/saas-sales-ultimate-guide

Utilize uma API para emissão de documentos fiscais eletrônicos

Nota Fiscal eletrônica é assunto sério e pode dar muito trabalho para seu time de desenvolvimento. Mas você não precisa se preocupar e nem ter um custo alto para terceirizar a emissão destes documentos. A Focus NFe é uma plataforma especializada em documentos fiscais. Atua no mercado desde o surgimento desta tecnologia. Empresas de todos os portes já emitiram mais de 11 milhões de documentos fiscais.

Veja abaixo a lista de todas as APIs disponíveis na Focus NFe

  • NFe: Emita Nota Fiscal Eletrônica
  • NFSe: Nota de serviço com um formato único e simplificado
  • NFCe: Nota ao consumidor
  • CFe SAT: Em SP? Sem problemas, temos integração com SAT também.
  • CTe: Conhecimento de transporte eletrônico (inclusive CTe OS)
  • MDe: Receba por webhooks todas as notas emitidas para o seu CNPJ

Além de APIs acessórias úteis para o seu software.

  • CEP: Busca de CEPs sempre atualizada com a base de dados dos Correios
  • CFOP: Consulte todos os códigos fiscais de operação
  • NCM: Mantenha o cadastro de produtos de seu cliente sempre correto com o código NCM padronizado