Como usar gateway de pagamento de forma segura?

You are currently viewing Como usar gateway de pagamento de forma segura?

Gateway de pagamento são partes de um software que auxiliam na transmissão de informações mais vulneráveis. De maneira que  as transações entre lojas online e banco de dados têm suas informações criptografadas, tornando pagamentos mais seguros e ágeis.

Apesar de existir várias formas de realizar transações de pagamentos online, em geral as operações financeiras realizadas via internet utilizam o gateway de pagamento. 

Aqui em nosso blog já falamos sobre o que é o gateway de pagamento e porque utilizá-lo, para saber mais leia aqui o artigo!

Entretanto, ainda fica a dúvida: como usar essa tecnologia com segurança?

Porque o gateway de pagamento é seguro

Começando com o comprador, ao fornecer seus dados pessoais no e-commerce,  o navegador web faz a criptografia através de seus protocolos internos (HTTPS – Hypertext Transport Protocol Secure).

Então, ciente do valor a ser pago, os dados de compra devem ser fornecidos. É nessa hora que o e-commerce processa os dados de seu servidor de Gateway de Pagamento, com o uso da criptografia SSL (Secure Socket Layer).

Logo, é nesse momento que o website solicita a autorização de pagamento ao banco. 

Assim, o gateway de pagamento transmite as informações para o processador de pagamentos usado pelo banco e esse rejeita ou autoriza a transação.

Portanto, o gateway de pagamento é seguro pelo fato de utilizar dados criptografados e protocolos de segurança que o permitem armazenar as informações em um ambiente seguro. 

Desde a loja online, o comprador até o banco emissor, o gateway é o responsável por fazer toda a comunicação e transmissão de informações, sendo o responsável pela transação dos dados do cartão. 

Essa forma ágil de comunicar dados o torna semelhante a uma máquina de cartão comum. 

Categorias de gateway de pagamento

Existem duas categorias de gateway, que são os hospedados e os não hospedados

Os hospedados são aqueles onde as formas de pagamentos direcionam o comprador para fora do e-commerce. Levando-o para a página do provedor de serviço de pagamentos para inserir os dados de pagamento e assim que concluído, retorna ao site da compra. 

Já no caso dos não hospedados, os clientes inserem suas informações diretamente na página de pagamento que é controlada por um gateway de pagamento protegido. Assim, o cliente permanece dentro do ambiente da loja.

Pensando em questão de usabilidade para o cliente, a segunda opção é melhor, já que gera menos tarefas para o usuário. 

Como escolher o gateway de pagamento

Para escolher um gateway de pagamento adequado, é preciso se atentar às vantagens e desvantagens de cada gateway. Afinal, o mercado disponibiliza várias opções. 

Alguns detalhes são:

Taxas de plano

Verifique as taxas de cada plano, pois os provedores de serviços de gateway variam entre os que têm mensalidade fixa e os que solicitam apenas um percentual do total de transações.

Portanto, escolha com base no número de transações que seu negócio realiza mensalmente.

Segurança do plano contratado

Como a responsabilidade da segurança do website fica por sua conta, é primordial ter um plano de gateway seguro. 

Para isso, alguns pontos a se observar no plano contratado são: o lucro a longo prazo, a utilização de certificado SSL na criptografia de dados, os certificados utilizados, qual o CVV2 do SSL, o faturamento da transação, os benefícios de segurança e se o gateway de pagamento é adequado ao seu tipo de negócio ou produto.

Produtos que serão vendidos

Saiba quais produtos você vai vender. 

Enumere e organize, para que você possa consultar quais são as vantagens e desvantagens antes de escolher o gateway de pagamento. 

Confira mais artigos sobre SaaS e documentos fiscais no blog do Focus NFe.

Deixe um comentário