Dicas para evitar erros no recebimento de notas fiscais

You are currently viewing Dicas para evitar erros no recebimento de notas fiscais

Quando tratamos da gestão fiscal de uma empresa, todo detalhe importa. Muito se fala sobre a emissão dos documentos, mas cuidados no recebimento de notas fiscais também são essenciais.

Receber notas com informações erradas gera prejuízo, retrabalho e atrasa as vendas e recebimento de subsídios.

Para te ajudar a evitar esse problema, no artigo de hoje vamos falar sobre a importância de ter o controle sobre as notas emitidas contra o seu CNPJ para identificar e corrigir possíveis erros.

Acompanhe e saiba mais.

O que é o recebimento fiscal?

Recebimento fiscal nada mais é que o momento em que um produto ou matéria prima é recebido em uma empresa após sua compra, acompanhado de sua documentação tributária.

Com base no que está descrito na documentação, os materiais recebidos são verificados. Estando tudo ok, já podem ser cadastrados e utilizados.

Caso exista alguma divergência entre o que foi recebido e o que consta nos documentos, é preciso tomar as providências. Descrições incorretas em NFs estão entre os erros comuns que causam o cancelamento de notas.

Principais erros no recebimento de notas fiscais

E falando em erros, quais problemas podem ocorrer na hora de receber NFs? Vamos analisar alguns deles a seguir.

Problemas de auditoria fiscal

A auditoria fiscal é uma ação que deve ser feita internamente em uma organização. O objetivo é acompanhar todos os aspectos da gestão tributária, tanto no recebimento de notas fiscais quanto em sua emissão.

Quando esse processo não é realizado, a empresa pode ter problemas, como por exemplo admitir o recebimento de um pedido com nota falsa ou mal preenchida. Isso pode acabar gerando retrabalho e penalidades, como multas. 

Ausência de automatização

Fazer verificações manualmente além de ser exaustivo, é também pouco confiável. 

Os sistemas de automatização na gestão fiscal têm aprimorado os processos e garantido que as verificações sejam cada vez mais rápidas e seguras. 

Por isso, é importante conhecê-los e saber como se aplicam no contexto da sua empresa.

Falta de acompanhamento

Quando uma nota é emitida contra um CNPJ, nem sempre a empresa verifica que isso ocorreu. 

Isso pode causar problemas, já que uma das formas de aplicar golpes é emitindo notas falsas para justificar  transações inexistentes. Nesse sentido, vale destacar a MDe, como veremos na sequência.

Usando a MDe no recebimento de notas fiscais

MDe é a sigla para “Manifestação do Destinatário”. Esse é um sistema que permite a uma empresa se pronunciar sobre as notas fiscais emitidas contra seu CNPJ.

Por exemplo: se uma empresa recebe a notificação de uma NF emitida com seus dados, mas não lhe é conhecida, é possível recusá-la por meio da MDe. Além disso, é possível também informar se a operação descrita na nota já foi concluída ou se foi cancelada.

A MDe funciona fazendo o registro da sequência de eventos e comunicações entre a empresa e o Fisco. A cada atualização sobre uma nota emitida, a empresa é notificada e pode se manifestar, aceitando ou recusando a emissão em questão.

Saiba mais sobre MDe: Por que você deveria usar a Manifestação do Destinatário (MDe)

A tecnologia do Focus NFe pode ajudar a emitir e gerenciar as suas notas fiscais de forma mais segura, ágil e eficiente. Conheça nossas soluções!

Deixe um comentário