Escalabilidade: conceito e como aplicar em minha empresa

You are currently viewing Escalabilidade: conceito e como aplicar em minha empresa

Escalabilidade: você sabe o que é? Ela faz parte do seu planejamento de vendas e distribuição?

No artigo de hoje, vamos abordar esse tema que é de suma importância para empresas que almejam ampliar a produção e as vendas. De maneira que a distribuição aumente sem ocorrer grande aumento de custos ou que isso se dê na mesma proporção.

Acompanhe!

O que é escalabilidade?

A escalabilidade é quando uma empresa amplia a sua produção sem que isso gere um aumento de custos, conseguindo gerar uma produção em massa.

Dessa forma, a escalabilidade também pode ser considerada um meio de avaliar se uma empresa ou sistema tem condições de crescer. Isso porque, para ampliar sua rede de distribuição, é preciso manter a capacidade de atender as demandas sem perder as características originais do produto.

Então, há de se considerar que para haver escala, é preciso que o faturamento seja maior que os custos.

Para você saber se o seu negócio tem potencial escalável, é importante avaliar alguns critérios, como veremos a seguir.

O que é ser escalável?

Saber se a sua empresa se enquadra no desenvolvimento em escala é o primeiro passo para poder iniciar esse planejamento.

Então lembre-se que para ser escalável o negócio deve apresentar potencial de expansão e, baseado nisso, podemos pensar em 3 pontos de avaliação:

1. Os processos são fáceis de ensinar?

Quando se pensa em crescer, deve-se levar em conta que qualquer funcionário tenha facilidade em aprender os processos de produção. Portanto, seu negócio precisa ser simples de ensinar e descomplicado para quem vai desempenhá-lo. 

Isso representa um ponto importante para a escalabilidade, tornando mais tranquilo o planejamento de ampliação.

2. A proposta de valor está clara?

Se sua empresa proporciona uma experiência específica que te permite se diferenciar da concorrência, o valor agregado aos serviços ou produtos ofertados tende a ser elevado. Também sendo um ótimo fator para expandir. 

3. O modelo é replicável?

Outro fator que comprova se escalabilidade é aplicável é ser replicável.

No caso de processos que podem ser reproduzidos e podem gerar receitas recorrentes, significa que o modelo utilizado para produzir dá certo. Sendo mais um ponto positivo para a expansão em vista do mercado disponível.

Porque aplicar escalabilidade

Aplicar a escalabilidade permite medir o potencial do seu negócio, afinal a meta é sempre crescer, certo?

Outra questão é que ao pensar em como expandir, distribuir e manter a qualidade da entrega e assim como em todo o potencial do seu negócio, você poderá analisar se os investimentos realizados inicialmente vão ter retorno.

No caso de empresas que buscam investimento, ter um futuro escalável é um dos pontos-chave. Isso porque o potencial de escalabilidade mostra que as incertezas em torno do retorno são menores, tornando-se mais atrativo para investidores e parceiros.

Apesar de algumas empresas com modelos de negócios não escaláveis terem sucesso, a escalabilidade tem mais visibilidade e é mais valorizada no cenário atual. Assim, é imprescindível que as empresas tenham modelos de negócios fáceis de replicar e de divulgar através de ações de marketing.

Como aplicar a escalabilidade em minha empresa?

Existem maneiras diferentes de tornar sua empresa escalável e uma delas é utilizar o sistema de franquias. 

Dessa forma, você pode expandir seu atendimento e suas vendas, já que com essa  forma de escalar, os franqueados são os responsáveis pela infraestrutura. Assim, você pode manter o faturamento maior do que os custos desse investimento.

Outra opção é tornar o negócio replicável, dando aval para que o conhecimento ofertado seja utilizado em outros locais. Você pode escalar seu negócio e receber pelos direitos de uso do seu modelo.

Um recurso que também auxilia na expansão de um negócio é utilizar aportes que facilitem a escalabilidade e que sejam flexíveis, como por exemplo as  tecnologias SaaS.

Com um modelo SaaS, as empresas possuem maior flexibilidade e economia de recursos, já que podem contratar serviços conforme a sua demanda, garantindo que o negócio seja adaptável.

Quer ler  mais  conteúdos sobre SaaS? Acesse o blog do Focus NFe!

Deixe uma resposta