Qual a diferença entre ERP e CRM?

You are currently viewing Qual a diferença entre ERP e CRM?

Duas soluções que trazem benefícios para a gestão e relacionamento em empresas são o ERP e o CRM. 

Esses dois sistemas proporcionam a automatização de processos e uma melhor forma de lidar com os clientes. Afinal, prezar por um bom atendimento faz parte da rotina das empresas que querem manter e aumentar a sua receita. 

Com uma gestão adequada dos clientes, fica mais fácil compreender o perfil desses e  otimizar as vendas.

No artigo de hoje, conheça os detalhes sobre ERP e CRM, descobrindo suas similaridades e diferenças. 

O que é ERP?

ERP é uma solução informatizada para gerir processos organizacionais que contempla vários setores de uma empresa. Desde o financeiro, administrativo, emissão de notas e até o planejamento. 

O termo ERP vem da sigla em inglês para  “Enterprise Resource Planning”, que podemos traduzir para “planejamento de recursos empresariais”,

Com a função de conectar fluxos de informações, todos os setores são alimentados ao mesmo tempo com informações estratégicas. Isso traz uma otimização de tempo e torna mais eficiente o compartilhamento de dados, o que garante maior agilidade e tomadas de decisão.

Por meio de um ERP, é possível integrar e padronizar processos de modo a otimizar tempo, atendimento e performance dos colaboradores. 

Para entender suas vantagens, acompanhe algumas de suas aplicações:

Integração do conhecimento organizacional

Usar um ERP é uma forma de integrar os setores da empresa, o que faz com que os processos se tornem mais fáceis e eficientes. 

Por abraçar todas as áreas da empresa, é possível adotar uma padronização de modo que traz maior qualidade no atendimento. Com essa integração, dificuldades burocráticas são eliminadas aumentando a agilidade no desempenho do time comercial.

Redução de custos e aumento da produtividade

Com a ajuda de um ERP, você elimina custos desnecessários. Principalmente quando se trata de processos mal estruturados, desperdício de materiais, tempo e recursos, coisas que estão diretamente ligadas a saúde financeira da organização. 

O sistema de gestão realiza tarefas repetitivas de forma automatizada. Desde o backup de informações até a formatação de relatórios e resgate de informações de outros setores, deixando que os vendedores fiquem mais focados em executar seu trabalho, produzindo mais em menos tempo. 

Alinhamento estratégico e análise de dados

Utilizando um ERP, você pode acompanhar o planejamento traçado e como anda a execução. Através do uso comum da base de dados com foco em resultados, você mantém a equipe alinhada e entrosada rumo ao objetivo. 

Com vários relatórios gerenciais, o sistema permite uma visão macro das operações. Seja para acompanhar a evolução de metas como realizar comparativos, você consegue analisar dados de modo a tomar decisões mais centradas no planejamento estratégico.  

O que é CRM?

CRM é a abreviação da expressão “Customer Relationship Management”, ou gestão de relacionamento com o cliente.  As estratégias de CRM foram criadas para tornar o atendimento ao consumidor  mais eficiente e com maior qualidade.

Quando falamos em CRM, podemos estar tratando tanto de uma metodologia de trabalho voltada  à satisfação dos clientes como uma solução tecnológica com o objetivo de tornar mais fácil e otimizado o trabalho do setor comercial.

O CRM como metodologia pode ser utilizado por empresas que têm em sua cultura organizacional a valorização do cliente e prezam por buscar soluções conforme às necessidades dos seus clientes. Entretanto, mesmo com essas práticas inseridas em sua gestão, não é fácil colocar as ações de CRM em prática sem ferramentas adequadas de gestão.

Nesse artigo, vamos focar no sistema de dados que chamamos de CRM. Vejamos algumas de suas características:

Organizar processos e aumentar produtividade

Esse sistema possui um conjunto de funcionalidades que tem o objetivo de estruturar procedimentos e tornar mais eficientes as atividades do setor.  

Assim, a equipe mantém um mesmo padrão e permanece alinhada, abrindo menos possibilidades para erros de atendimento e proporcionando mais segurança na continuidade dos processos por qualquer colaborador. Isso porque permite que o fluxo de informações seja inserido de forma única no sistema, facilitando o acesso ao banco de dados a qualquer momento. 

O acesso automatizado e fácil também dá espaço para que a empresa tenha uma visão mais estratégica em busca do aumento da conversão de clientes, gerando um setor comercial mais dinâmico e produtivo.

Gestão de oportunidades

As funções disponíveis no CRM possibilitam uma gestão de oportunidades de venda desde o topo até o fundo do funil. É uma ferramenta que ajuda a manter em dia o atendimento e faz com que o time comercial se mantenha atento a cada etapa e ação do processo de venda, assim como o perfil de cada cliente. 

Acesso à Jornada do Consumidor

Esse tipo de programa também ajuda a traçar o perfil do consumidor, pois acompanha a jornada desde o atendimento inicial até a finalização da venda. Com isso, fica mais fácil criar estratégias que alcancem os clientes de acordo com o tipo de cada um, convertendo em mais vendas.

Marketing aliado às vendas

Por permitir o acesso automatizado aos dados dos clientes e promover insights sobre os perfis de consumo, o CRM potencializa o marketing.

Com esse sistema, há um maior alinhamento com o time de vendas, contribuindo para um atendimento personalizado e estratégico. 

Automatização dos relacionamentos

Os softwares CRM garantem maior agilidade em relação ao contato com os consumidores de acordo com o funil de vendas, através de conteúdos, pós atendimentos e follow ups de forma automatizada. Com essas ferramentas de automação, o contato fica mais agilizado, dando mais espaço para os vendedores fazerem o atendimento presencial.

Registro do histórico dos clientes

Com o registro de cada passo do cliente, o CRM também ajuda a perceber as necessidades do cliente. Afinal, você mapeia as ações e age conforme os desejos reais do seu público alvo. Esse ponto, também, é um grande aliado ao marketing e ao sucesso das vendas.

ERP e CRM: Conclusão

Em linhas gerais, a principal diferença entre esses softwares é que um é voltado para gestão de recursos tangíveis (ERP) e o outro para gestão das ações junto aos clientes (CRM).

Ambos têm o seu papel em diferentes organizações. Se for possível trabalhar com ambos os sistemas integrados, é ainda melhor, pois são complementares.

Além da gestão de recursos, o ERP também inclui aspectos financeiros. Utilize uma API para emissão de Notas Fiscais no seu ERP e economize tempo e dinheiro. Conheça o Focus NFe.

Deixe uma resposta