Atualizações

Importação de NFSe para prefeituras sem webservices – nova versão

Lançamos nesta semana a nova versão do serviço que a Focus NFe oferece como solução para prefeituras que não disponibilizam integração via webservice. Muitas oferecem apenas a possibilidade de importação de um arquivo com um lote de notas fiscais, facilitando a emissão que seria feita manualmente ao preencher as informações de cada nota de maneira individual.

Nossa API já oferece esta funcionalidade, similar ao serviço utilizado para autorizar NFSe, com a opção de gerar arquivo de importação de NFSe em lote para prefeituras que não disponibilizam webservice.

Agora, apresentamos uma nova versão, visando facilitar a utilização, seguindo padrões amplamente utilizados e focando na segurança dos nosso usuários. Desta forma, o arquivo enviado, que antes era no formato YAML, passa a ser JSON. Abaixo, um exemplo de como o arquivo deve ser enviado:

  "prestador": {
    "cnpj": 99999999000199,
    "inscricao_municipal": 9999999,
    "codigo_municipio": 3505708
  },
  "lista_nfse": [
    {
      "data_emissao": "2019-03-19T12:07:26-03:00",
      "natureza_operacao": 1,
      "servico": {
        "discriminacao": "TESTE DE EMISSAO",
        "item_lista_servico": "100503216",
        "valor_servicos": 1.0,
        "valor_nao_incluso_base_calculo": 1.0
      },
      "tomador": {
        "razao_social": "Joao da Silva",
        "cpf": "99999999999",
        "endereco": {
          "codigo_municipio": 3505708,
          "cep": "48280000",
          "logradouro": "Nome da rua",
          "bairro": "Bairro",
          "numero": "123"
        },
        "email": "teste@example.com"
      }
    }
  ]
}

A autentificação do usuário, que era feita através de parâmetros enviados diretamente na URL, agora deverá ser feita utilizando o método HTTP Basic Auth. Também muda a URL de acesso ao serviço, que deverá ser utilizado a partir do endereço abaixo:

https://api.focusnfe.com.br/v2/lotes_nfse (produção)

ou

https://homologacao.acrasnfe.acras.com.br/v2/lotes_nfse (homolocação)

Na documentação da API Focus NFe é possível saber mais detalhes de como utilizar o serviço, além de disponibilizarmos exemplos de códigos em diferentes linguagens de programação.


OKR: Como Funciona e Dicas de Execução

O OKR (Objectives and Key Results) é uma das metodologias de trabalho mais famosas dos últimos tempos e ganhou grande notoriedade com a adoção pelo Google, desde a sua fundação em 1999, até os tempos atuais. Mostrando que o método OKR pode ser usado para pequenas empresas e corporações de abrangência mundial.

Como Funciona o OKR

A melhor forma de entender como funciona o OKR é seguir a explicação de John Doerr (investidor de empresas como Google e Amazon). Segundo ele a fórmula do OKR funciona da seguinte forma:

Eu vou (Objetivo) medido por (conjunto de Resultados Chaves)

Nessa fórmula, o Objetivo são descrições qualitativas do que se deseja alcançar. Enquanto os Resultados Chaves são métricas quantitativas e mensuráveis que medem o progresso em direção ao Objetivo. Para cada Objetivo, cria-se de 2 a 5 Resultados Chaves.

Exemplo do OKR

O primeiro ponto a ser estabelecido é o Objetivo. Vamos supor que uma empresa SaaS deseja melhorar a experiência do cliente. Apesar deste ser um Objetivo importante, são necessários indicadores para medir se ele foi atingido ou não. Para isso precisamos dos Resultados Chaves.

Como podemos medir a melhora da experiência do cliente? Bons indicadores seriam diminuir o Índice de Cancelamento (churn), aumentar a Taxa de Compra de Complementos (cross-selling) e aumentar a Taxa de Upgrade (up-selling) do SaaS. O up-selling e cross-selling são fatores importantes para balancear a satisfação do cliente, visto que apenas clientes satisfeitos topam comprar mais ou ampliar serviços.

O OKR ficaria assim:

Objetivo: Melhorar a Experiência do Cliente

Resultados Chaves:

  • Diminuir o Índice de Cancelamento (churn) em x%
  • Aumentar a Taxa de Compra de Complementos (cross-selling) em x%
  • Aumentar a Taxa de Upgrade (up-selling) em x%

Só com a realização plena de todos os Resultados Chaves, podemos dizer que o objetivo de Melhorar a Experiência do Cliente foi alcançado de forma integral. Esse é um exemplo simples para entender como o OKR pode ajudar empresas a alcançarem seus objetivos.

Recomendações para executar o OKR

A execução do OKR é o mais importante e delicado momento, é essencial que principalmente na primeira implementação em uma companhia ou equipe, todos os colaboradores entendam como a metodologia funciona e seus ganhos em torno dela.

Outra recomendação são as revisões e planejamentos. De nada adianta implementar objetivos se semanalmente o time não olhar para eles e alinhar as tarefas, as realizações e resultados. Mais do que um quadro na parede, o OKR deve ser um meta traçada.

Falando em times, principalmente para empresas mais estruturadas é essencial dividir os OKRs por times e níveis, com derivações conforme setores. Os gerentes podem definir seu OKR e a partir destes objetivos, cada setor define o seu.

Mas mesmo para startups e pequenas empresas é possível aplicar o OKR para todo o time, traçando objetivos únicos para toda a companhia. É um método democrático e sem limitações de tamanho ou estrutura.

Como o OKR é montado pelo time em conjunto, não atrele resultados a ganhos financeiros e bônus. Isso porque muitas vezes esse tipo de bonificação faz com que as pessoas prefiram tornar os Objetivos mais fáceis para atingir os resultados. Pense que o OKR é um desafio profissional e de equipe, acima de tudo.

Sempre estipular metas ambiciosas é a essência do OKR. Se a empresa está trabalhando com esse método e cumpre 100% dos objetivos, eles estão muito fáceis. É preciso avançar mais rápido ou estipular voos mais altos.

Por último, evite listar OKRs demais. Aalguns profissionais começam a ver o método como uma lista de tudo que deve ser feito. OKR são prioridades durante o período estabelecido.

Mesmo seguindo todos as dicas, não esqueça que o OKR deve se adaptar a sua empresa e não o contrário. Qualquer metodologia implementada deve sempre ajudar a enxergar caminhos de forma mais clara e não gerar tarefas complicadas de adaptação.


Como emitir NFSe em São Caetano do Sul/SP – API Focus NFe

São Caetano do Sul – SP é uma das centenas de cidades integradas à API da Focus NFe. Veja abaixo os detalhes deste município e conheça a nossa API com formato único de comunicação para todos os municípios clicando aqui.

Dados básicos

Provedor: GINFES

Utiliza padrão ABRASF: sim

Necessita certificado digital: sim

Endereço produção: http://saocaetano.ginfes.com.br/

Endereço homologação: http://saocaetano.ginfesh.com.br/

Campos em nossa API

item_lista_servico: Utiliza o padrão nacional da Lei Complementar 116/2003. Só é permitido utilizar os códigos que foram informados no momento do cadastro da empresa.

codigo_cnae: Campo não utilizado.

codigo_tributario_municipio: Utiliza padrão próprio. Consulte junto ao município ou verifique em uma nota emitida. Exemplo de formato utilizado: 17.03.01 / 653


NFe disponível para emissão por pessoas físicas

Implementamos a emissão de NFe (modelo 55) para pessoas físicas. Estas notas poderão ser utilizadas para produtores rurais que possuem IE e utilizam seu próprio CPF para emissão de notas. Para isto, basta utilizar o campo cpf_emitente ao invés de cnpj_emitente e usar um certifico e-CPF para emissão.


Como emitir NFSe em Pederneiras/SP – API Focus NFe

Pederneiras – SP é uma das centenas de cidades integradas à API da Focus NFe. Veja abaixo os detalhes deste município e conheça a nossa API com formato único de comunicação para todos os municípios clicando aqui.

Dados básicos

Provedor: Smarapd.

Utiliza padrão ABRASF: Não.

Necessita certificado digital: Sim, ao mesmo tempo que é necessário usuário e senha usado na prefeitura.

Endereço produção: http://portal.pederneiras.sp.gov.br:8080/tbw/loginNFEContribuinte.jsp

Endereço homologação: Não possui ambiente separado, utiliza o mesmo de produção.

Campos em nossa API

Campos dos itens:

item_lista_servico: Utiliza um padrão próprio. Consulte uma nota já emitida o campo “Atividade” ou entre na interface de emissão manual da prefeitura para verificar os códigos disponíveis.

codigo_cnae: Não é utilizado.

codigo_tributario_municipio: Não é utilizado.

quantidade: Pode ser informado, se omitido consideramos 1

valor_unitario: Pode ser informado, se omitido consideramos o mesmo valor que o campo valor_servicos

É possível informar mais de um serviço por nota, basta trocar a chave “servico” por “servicos” e informar um array de servicos

Não existe o campo “Unidade” na emissão por webservices, por isso ele sempre ficará em branco

Campos da NFSe:

natureza_operacao: Utiliza um padrão próprio. Valores possíveis:

511 – PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NO MUNICÍPIO – SEM RETENÇÃO NA FONTE
512 – PRESTAÇÃO DE SERVIÇO NO MUNICÍPIO – COM RETENÇÃO NA FONTE
611 – PRESTAÇÃO DE SERVIÇO EM OUTRO MUNICÍPIO – SEM RETENÇÃO NA FONTE
612 – PRESTAÇÃO DE SERVIÇO EM OUTRO MUNICÍPIO – COM RETENÇÃO NA FONTE

Observações

Ambiente de testes: Ao enviar a sua nota para o ambiente de homologação de nossa API, ela automaticamente irá trocar o prestador da nota para uma empresa de testes e irá emitir a nota no ambiente normal da prefeitura.


API NFCe: alterações no campo email_destinatario

É possível agora informar o campo email_destinatario sem informar o CPF ou CNPJ do destinatário. Como o SEFAZ não permite que o email seja informado sem informar algum documento do destinatário, a API irá utilizar este email apenas para notificar o destinatário da autorização da nota sem informa-lo no XML.


Webhooks alterados para permitir reenvio de notificações

Agora é possível testar o uso de gatilhos (webhooks) ou mesmo reenviar uma notificação perdida através de um novo endpoint na API. Consulte a documentação aqui.


Nova API de CEP disponível

Esta API irá permitir consultar o CEP de qualquer localidade utilizando a base do Correios, consulte a documentação aqui.


É possível agora utilizar o certificado digital da empresa matriz na emissão de NFSe para Campinas

Válido também para outros municípios atendidos pelo provedor DSF