Black Friday: cuidados no setor fiscal

Black Friday: cuidados no setor fiscal

A Black Friday é um período de grande movimentação no setor fiscal devido ao grande número de vendas e transações realizadas. Por isso, tenha atenção redobrada quanto às emissões de documentos fiscais e impostos nesse período.

Hoje vamos trazer alguns pontos importantes para você ficar de olho e tomar os cuidados necessários para garantir que todos os procedimentos sejam seguidos corretamente.

Quais são os principais impostos?

Para cada procedimento realizado em uma transação de vendas existe um imposto. E essa lista de incidências fiscais não é pequena. Por isso, é importante saber quais são os impostos obrigatórios para não cometer nenhuma infração e ter maior tranquilidade em épocas como a Black Friday. Vamos a eles:

COFINS

É a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social. Tem recolhimento obrigatório para todas as empresas brasileiras, com exceção das empresas optantes pelo Simples Nacional. Com valores de alíquota variáveis conforme o regime de lucro, o percentual cobrado pode variar até 0% dependendo do produto comercializado. 

ICMS

Esse é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. É um imposto tributado em regime estadual e é aplicado em diferentes tipos de produtos e serviços, podendo ser dentro ou fora do país. O imposto é cobrado junto com o valor do serviço ou produto e segue um cálculo específico para cada UF. Dessa forma, você deve ficar de olho nos valores praticados em seu estado.

PIS

O Pis é o Programa de Integração Social e considera por base de cálculo o total de receitas obtidas por pessoas jurídicas. Sua alíquota pode variar de acordo com o regime de apuração que pode ser cumulativo ou não cumulativo.

Evite erros no setor fiscal 

Como falado anteriormente, períodos de grande movimentação no setor fiscal como a Black Friday exigem maior atenção. Esses são períodos propícios para erros. 

Então, nada melhor que você saiba quais erros pode evitar, principalmente na hora de preencher suas notas fiscais. Alguns exemplos são:

  • Informações equivocadas sobre impostos; 
  • Descrições incorretas de produtos ou serviços adquiridos;
  • Dados errados sobre o cliente.

Nesse outro post em nosso Blog, detalhamos cada um desses itens e te contamos como esses erros podem te prejudicar e causar até um cancelamento de suas notas fiscais. 

Confira: 3 erros comuns que podem causar o cancelamento de uma Nota Fiscal Eletrônica

Automatizar ou não a emissão de documentos fiscais?

Ao se pensar na quantidade de notas e nas particularidades de cada uma, automatizar a emissão de documentos fiscais pode ser a solução.

Considerando que as chances de cometer erros nesses momentos de grande volume de emissões de documento aumentam, ter um facilitador garante maior tranquilidade e menos problemas.

Quando se tem uma emissão automatizada, você tem maior segurança em relação a conformidade fiscal de acordo com a legislação do seu estado (UF).  

Logo, esses tipos de softwares proporcionam diversos benefícios. 

Entre eles, podemos citar a prática ética e responsável, o que aumenta a segurança em cumprir prazos e obrigatoriedades fiscais e diminui os riscos de multas e penalidades. Além disso, garante maior transparência nos processos e o armazenamento seguro dos documentos fiscais.

Assim, todas essas facilidades permitem que você se preocupe mais com o lucro das temporadas semelhantes à  Black Friday do que com possíveis prejuízos no setor fiscal. 

Saiba mais em: Como preparar o sistema para emissão de Nota Fiscal online?

Nota fiscal de entrada 

Com o aumento da movimentação de vendas em épocas como a Black Friday, a busca por produtos junto aos fornecedores também aumenta. Isso gera maior demanda de emissões de  notas fiscais, em especial as de entrada.

Por ser uma nota requisitada, é importante manter-se atento para possíveis erros de preenchimento quanto a descrição dos produtos comprados e recebidos.

Portanto, mantenha-se em dia com as emissões a cada compra e venda efetuada. De preferência, realize uma verificação diária. Pois caso alguma nota contenha informações equivocadas, você terá tempo hábil para realizar a solicitação de correção e não sofrer com possíveis autuações.

Fechamento contábil 

Por último, lembre-se: a Black Friday é no final do mês! 

Então você tem que ficar atento não só com as vendas, mas lembrar que ao final do mês também é o período do fechamento contábil. De modo que esse setor estará sobrecarregado tanto durante a época do Black Friday como após o término desse evento. 

Com grande volume de trabalho na verificação das notas fiscais, é preciso estar em sintonia com a contabilidade para evitar erros e não cair em alguma autuação.

E aí? Preparado para a Black Friday?

Quer saber mais sobre automatização de emissão de notas fiscais? Entre em contato conosco!

Utilize uma API para emissão de documentos fiscais eletrônicos

Nota Fiscal eletrônica é assunto sério e pode dar muito trabalho para seu time de desenvolvimento. Mas você não precisa se preocupar e nem ter um custo alto para terceirizar a emissão destes documentos. A Focus NFe é uma plataforma especializada em documentos fiscais. Atua no mercado desde o surgimento desta tecnologia. Empresas de todos os portes já emitiram mais de 11 milhões de documentos fiscais.

Veja abaixo a lista de todas as APIs disponíveis na Focus NFe

  • NFe: Emita Nota Fiscal Eletrônica
  • NFSe: Nota de serviço com um formato único e simplificado
  • NFCe: Nota ao consumidor
  • CFe SAT: Em SP? Sem problemas, temos integração com SAT também.
  • CTe: Conhecimento de transporte eletrônico (inclusive CTe OS)
  • MDe: Receba por webhooks todas as notas emitidas para o seu CNPJ

Além de APIs acessórias úteis para o seu software.

  • CEP: Busca de CEPs sempre atualizada com a base de dados dos Correios
  • CFOP: Consulte todos os códigos fiscais de operação
  • NCM: Mantenha o cadastro de produtos de seu cliente sempre correto com o código NCM padronizado