O que é multithreading e como a técnica beneficia seu software

João Vallim

Conteúdo

Você sabe o que é multithreading? Esse é um modelo de execução que melhora a performance e aumenta a eficiência de aplicações. 

O multithreading está por trás da execução de softwares tanto em relação a velocidade quanto na capacidade de resposta.

Por isso, hoje vamos explicar o que é multithreading, qual é a sua função e os benefícios que esse modelo pode trazer ao seu software. 

Vamos lá?

O que é multithreading

Para compreender o que é multithreading, é preciso entender primeiro o que é thread no contexto da programação.

Thread

Um thread é uma unidade independente que tem sua origem na execução de um processo ou de um aplicativo. 

Assim, o multithreading acontece no momento em que várias threads são desempenhadas simultaneamente em um processo.

Logo, a garantia da performance para os sistemas é possível por que esse modelo de execução de aplicações permite que as threads sejam criadas e executadas de forma independente e compartilhando recursos de forma simultânea.

Diferença entre threads e processos

Processo é quando uma aplicação está em execução, de maneira que cada processo tem seu próprio pedaço de memória do sistema operacional. Assim, essa memória não pode ser compartilhada com outros processos.

Já as threads compartilham o mesmo pedaço de memória em vez de terem um pedaço para si. Dessa maneira, a conversa entre elas é mais fácil e ágil, sendo reconhecidas até como “processos leves” pela facilidade em sua criação e por consumirem menos recursos.

Com as threads, é possível fazer com que um software execute múltiplas operações ao mesmo tempo. Ao passo que sem elas, codificar uma aplicação se daria de forma mais desafiadora, precisando desenvolvê-la por tarefa e executando como processo para sincronizá-la através do sistema operacional.

Execução simultânea e paralela

Se tratando da execução do multithreading, uma de suas principais características é que sua execução pode ser simultânea ou paralela.

Quando a execução é paralela, o sistema é quem cuida de mais de uma thread em um tempo determinado. Já em execução simultânea, o sistema cuida de uma por vez, trazendo eficiência para mover-se rapidamente entre duas ou mais threads.

Thread nível usuário x Thread nível kernel 

Essa também é uma diferença importante. Afinal, quando se fala apenas em “threads” geralmente a referência são as “kernel threads”, termo destinado às threads gerenciadas e escalonadas no espaço kernel do sistema operacional. 

Em contrapartida, ao designar via código as threads gerenciadas e escalonadas no espaço da pessoa usuária, o termo utilizado é “user threads”.

Modelos de multithreading

São 3 os modelos principais de multithreading, vejamos caso a caso:

Um para um

Esse modelo ocorre quando cada thread da pessoa usuária é mapeada para uma thread do kernel. Caracterizando seu relacionamento como um para um.

Muitos para muitos

Nesse caso, o que acontece é que várias threads de pessoas usuárias são mapeadas para um número igual ou menor de threads do kernel, de acordo com a aplicação ou a máquina.

Muitos para um

Considerado o modelo mais eficiente, aparece no momento em que o espaço da pessoa usuária é quem define a gestão das threads. Ou seja, quando temos várias threads da pessoa usuária mapeadas para uma única thread do kernel. 

Quais as utilidades do multithreading 

Pode-se utilizar o multithreading de diversas maneiras, considerando como foco o desempenho do software ou aplicativo. 

Algumas exemplos de uso são:

  • APIs de emissão de notas fiscais
  • Aplicativos que utilizam recursos de validação, leitura e salvamento, como os softwares de texto;
  • Navegadores web onde é possível fazer download de vários arquivos e abrir várias abas ao mesmo tempo em que se navega;
  • Jogos de computadores que contém vários objetos em execução simultânea, como carros, motos, humanos e música tocando.

Inclusive, esse modelo pode ser utilizado na interação entre duas ou mais threads no seu ERP.

Multithreading e seus benefícios

Podemos elencar alguns benefícios no uso desse modelo de execução para um software:

Compartilhamento de recursos

Por utilizar os mesmos recursos de memória, arquivos, dados, entre outros, o multithreading permite que uma única aplicação possua diferentes threads dentro do mesmo espaço.

Maior capacidade de resposta

Utilizando esse modelo, os softwares podem ser operados mesmo com algumas partes bloqueadas. Ou até mesmo se o processo estiver executando uma operação demorada.

Economia

Devido ao compartilhamento de recursos, o uso de threads gera economia. Pois construir um software utilizando processos demanda mais tempo e dinheiro, já que exigem mais memória e recursos. 

Outro ponto é que a sobrecarga quando se cria e gerencia processos do software é maior  do que quando se gerencia threads.

Conclusão

Entender o que é multithreading permite enxergar vários benefícios para a execução de softwares. Mostrando que são interessantes no que tange a eficiência, proporcionando economia, um tempo de resposta ágil e uma performance otimizada.

Confira mais conteúdos sobre documentos fiscais e SaaS no blog do Focus NFe.

João Vallim

João Vallim

Analista de marketing, nerd, videomaker e fotógrafo nas horas vagas.

Inscreva-se em nossa newsletter​

Receba nossos conteúdos exclusivos em primeira mão.

Explore outros conteúdos:

Nota Técnica 2023.004
Nota Fiscal
Hélio Marques

Nota Técnica 2023.004: novo evento para NF-e e NFC-e (ECONF)

documentos fiscais e recursos financeiros recebidos.

Assim, todos os que estão envolvidos no processo da emissão da Nota Fiscal eletrônica (NFe) e a Nota Fiscal de Consumidor eletrônica (NFCe), têm a possibilidade de anotar no documento fiscal as transações financeiras relacionadas através do Evento de Conciliação Financeira (ECONF).

No entanto, em 02 de fevereiro de 2024, foi lançada a versão 1.10 da NT 2023.004 com algumas alterações importantes. Acompanhe o artigo de hoje e entenda mais sobre essas mudanças.

Leia mais »
Nota Técnica 2019.001: Atualizações das Regras de Validação
Nota Fiscal
Douglas Pinheiro

Nota Técnica 2019.001: Atualizações das Regras de Validação

A Nota Técnica 2019.001 trata-se de um documento com alto impacto para desenvolvedores e demanda regras de validação mais rígidas. Por isso, passa por atualizações constantes, a fim de melhorar os serviços oferecidos aos consumidores.

Algumas de suas regras têm a ver com tópicos importantes, como benefícios fiscais, melhora do controle de documentos referenciados e a identificação do destinatário, descrição de informações do ICMS com mais precisão, entre outros tópicos.

A seguir, trazemos as mudanças da Nota Técnica 2019.001 nas diferentes versões do documento, lançadas nos últimos anos.

Leia mais »
Nota Fiscal Falsa: Como evitar golpes
Nota Fiscal
Gabriel Hissatomi Davanzo

Nota Fria: o que é, como identificar e como evitar golpes?

A Nota Fria é todo documento que contém qualquer tipo de informação adulterada. Esse é um problema que nem sempre fica claro e até mesmo as partes não envolvidas na ação criminosa podem ser afetadas judicialmente.

Portanto, é essencial saber como identificar as notas falsas e como lidar com esses percalços para evitar fraudes e se prevenir contra este tipo de documento. Acompanhe o artigo de hoje e saiba como reconhecer a Nota Fria.

Leia mais »