Notas Técnicas: o que são e como acompanhá-las

Junior Muniz

Entender o que é Nota Técnica, suas funções e regras faz toda a diferença na gestão de documentos fiscais eletrônicos. Afinal, é através delas que os contribuintes se mantêm atualizados e ficam a par das mudanças. Por vezes esses documentos são de difícil compreensão, uma vez que a legislação tributária brasileira é um tanto complicada e passa por constantes atualizações. Por isso é importante fazer o acompanhamento das publicações das NTs para manter seu setor contábil e fiscal otimizado e em dia. Saiba no artigo de hoje o que é Nota Técnica, quais são seus objetivos e a sua importância.

Conteúdo

O que é Nota Técnica?

A Nota Técnica é uma publicação oficial que reúne informações importantes sobre documentos fiscais eletrônicos, assim como as alterações nas normas vigentes. 

Tem como objetivo facilitar o trabalho dos desenvolvedores, permitindo que as modificações nos softwares de emissão sejam feitas de forma simultânea. Assim, aborda tópicos como:

  • layout de documentos;
  • regras de validação;
  • mensagens de erro;
  • campos a serem preenchidos;
  • definições de novos protocolos;
  • eliminação de variáveis;
  • prazos limite para implementação.

Logo, para empresas que utilizam softwares fiscais, a nota técnica é essencial para manter as obrigações fiscais em dia.

Para que serve a Nota Técnica?

Com as constantes mudanças em documentos fiscais, a Nota Técnica se mostra essencial para os desenvolvedores, pois é por meio delas que as informações de alteração são fornecidas. Assim, é possível manter tudo atualizado e dentro da lei. 

Também é possível utilizá-la como auxílio para o monitoramento e planejamento de alterações com mais eficiência. Reduzindo sobrecargas e garantindo uma melhor experiência para os usuários. 

Qual a importância da Nota Técnica?

As Notas Técnicas têm um papel fundamental na comunicação de informações técnicas, onde é possível encontrar dados detalhados sobre questões tributárias e regulamentação.

Algumas das razões para a NT ser tão importante são:

  • Interpretação da legislação: as notas técnicas ajudam no entendimento das normas e trazem um detalhamento da legislação fiscal e orientações de como aplicá-las;
  • Atualizações sobre mudanças fiscais: devido às atualizações frequentes, as NTs são um meio de informar as empresas e desenvolvedores sobre mudanças, prazos para alterações, novidades das leis fiscais, entre outras coisas.
  • Padronização: também são utilizadas como meio de padronização de processos contábeis e fiscais dentro das empresas. Essa é uma forma de garantir que os departamentos sigam as mesmas diretrizes e evitem inconsistências.
  • Planejamento Tributário: as Notas Técnicas fornecem dados sobre deduções, incentivos fiscais, regimes de tributação e outras estratégias legais que contribuem para a otimização da carga tributária. Isso permite um planejamento tributário mais eficiente.
  • Auditorias e conformidades: quando se trata de auditorias, as NTs são uma forma de comprovar se a organização está em conformidade com com o Fisco. Dessa forma, elas ajudam a mostrar se os procedimentos foram feitos dentro das regras e se os cálculos foram feitos corretamente.
  • Transparência: as Notas Técnicas permitem operações fiscais mais transparentes. Uma vez que servem como comunicação interna dos procedimentos adotados e mostram informações detalhadas para outras partes interessadas.

Quem cria as Notas Técnicas?

Existem alguns órgãos responsáveis pela criação e determinação das NTs, como por exemplo a Receita Federal do Brasil (RFB), as Secretarias da Fazenda dos Estados e o Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (Encat).

Logo, uma ótima forma de pagar menos impostos e de ter um planejamento tributário mais adequado é agindo antecipadamente. Ou seja, estar atento às alterações para colocá-las em prática o quanto antes. Isso reduz erros e mantém a equipe mais focada no core business. 

Para isso, o monitoramento das notas técnicas é necessário. Já que assegura a atualização dos documentos fiscais dentro dos prazos.

Quem assina a Nota Técnica?

As Notas Técnicas são desenvolvidas e assinadas pelo ENCAT(Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários) em conjunto com a Receita Federal. Esses órgãos são os responsáveis por coordenar documentos como: NFe, NFCe, CTe, MDFe, NFCom, BPe e NF3e.  

Como se faz uma Nota Técnica?

Segundo o item 5.2.1 do documento disponível no site do governo, deve-se acompanhar a seguintes orientações para a elaboração de uma nota técnica:

  • I – Parte externa: 

– Página de rosto (obrigatório) 

– Capa (obrigatório)

  • II – Parte interna:

Elementos pré-textuais: 

– Agradecimentos (opcional) 

– Resumo (obrigatório) 

– Lista de símbolos, unidades, abreviaturas, etc. (opcional) 

– Lista de ilustrações e tabelas (opcional) 

– Sumário (obrigatório)

Elementos textuais: 

– Introdução (obrigatório) 

– Desenvolvimento (obrigatório) 

– Conclusão (obrigatório)

Configurações de tamanho de texto, fonte, margens, dentre outros detalhes você pode conferir diretamente no documento: Elaboração de Nota Técnica.

Vejamos um exemplo com a aplicação das informações acima no próximo tópico.

Exemplo de Nota Técnica

No Portal da NFe é possível ter acesso a todas as NTs atualizadas. Vejamos algumas partes da NT2020.007_v1.30 – Evento_Ator_NFe_Transportador como exemplo:

capa e sumario nota tecnica
resumo e desenvolvimento nota técnica

Acesse a NT completa AQUI.

O que pode mudar na Nota Técnica?

Algumas das mudanças que podem surgir são: exclusão ou inclusão de um campo específico, novos eventos, ajustes de layout, permissões de utilização ou informes, regras de validação, inclusão de novos códigos, entre outros.

Qual a importância da Nota Técnica para os desenvolvedores?

Por apresentarem mudanças de extrema relevância que influenciam diretamente em softwares fiscais, a Nota Técnica é essencial para os desenvolvedores. 

Pense no seguinte: quando ocorre uma alteração no campo de preenchimento, por exemplo, isso afeta diretamente a rotina do cliente na hora de fazer suas emissões fiscais. 

Logo, o desenvolvedor precisa estar preparado para atualizar o software de emissão antes que haja a sobrecarga de tarefas para os usuários. 

Como se atualizar sobre as Notas Técnicas?

Dentre as possibilidades de acompanhamento sobre as atualizações, temos:

1. Portal NF-e

Alguns documentos como a Nota Fiscal eletrônica (NF-e), Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e) e o Manifesto eletrônico de Documentos fiscais (MDF-e)  têm portais próprios. Ou seja, é possível acessar informações específicas de cada uma assim como as últimas NTs publicadas.

2. Secretaria da Fazenda Estadual

Cada estado tem sua legislação própria, por isso acessar a Secretaria da Fazenda Estadual também é uma forma de acompanhar as notas técnicas com eficiência. 

3. Portal Estadual

Outro meio de acesso que é possível acompanhar uma NT é nos portais das receitas estaduais.

4. No Blog da Focus NFe

O Blog da Focus está em constante atualização. 

Acompanhamos sites e notícias relacionadas com assiduidade para dispor a você as informações mais atualizadas possíveis.

Além disso, você fica a par das possíveis alterações em nossa API que são aplicadas dentro dos prazos estabelecidos para as modificações. 

Conclusão

Em resumo, a Nota Técnica é uma publicação oficial que agrupa informações essenciais sobre documentos fiscais eletrônicos e suas atualizações. Seu papel é o de fornecer detalhes complexos sobre aspectos tributários e regulatórios.

As NTs são um meio de orientação para os desenvolvedores que atuam com softwares fiscais, garantindo que os processos se mantenham atualizados e operando conforme as leis. 

Realizar o acompanhamento das Notas Técnicas através dos portais oficiais é fundamental para manter a gestão da sua empresa em conformidade diante das constantes mudanças no setor fiscal. 

Simplifique sua gestão de documentos fiscais com a Focus NFe

Somos um ecossistema de soluções para a emissão e gestão de documentos fiscais, permitindo que empresas dos mais diversos portes e segmentos ganhem mais tempo para focar no que importa.

Sua empresa possui desenvolvedores, sistema interno e quer otimizar a emissão de notas? Conheça nosso conjunto de APIs para emissão de documentos fiscais!

Converse já com a nossa equipe clicando aqui!

Junior Muniz

Junior Muniz

Analista de suporte na Focus NFe, apaixonado por tecnologia e inovação, fã de ficção científica e às vezes humorista.

Inscreva-se em nossa newsletter​

Receba nossos conteúdos exclusivos em primeira mão.

Explore outros conteúdos:

Nota Técnica 2023.004
Nota Fiscal
Hélio Marques

Nota Técnica 2023.004: novo evento para NF-e e NFC-e (ECONF)

documentos fiscais e recursos financeiros recebidos.

Assim, todos os que estão envolvidos no processo da emissão da Nota Fiscal eletrônica (NFe) e a Nota Fiscal de Consumidor eletrônica (NFCe), têm a possibilidade de anotar no documento fiscal as transações financeiras relacionadas através do Evento de Conciliação Financeira (ECONF).

No entanto, em 02 de fevereiro de 2024, foi lançada a versão 1.10 da NT 2023.004 com algumas alterações importantes. Acompanhe o artigo de hoje e entenda mais sobre essas mudanças.

Leia mais »
Nota Técnica 2019.001: Atualizações das Regras de Validação
Nota Fiscal
Douglas Pinheiro

Nota Técnica 2019.001: Atualizações das Regras de Validação

A Nota Técnica 2019.001 trata-se de um documento com alto impacto para desenvolvedores e demanda regras de validação mais rígidas. Por isso, passa por atualizações constantes, a fim de melhorar os serviços oferecidos aos consumidores.

Algumas de suas regras têm a ver com tópicos importantes, como benefícios fiscais, melhora do controle de documentos referenciados e a identificação do destinatário, descrição de informações do ICMS com mais precisão, entre outros tópicos.

A seguir, trazemos as mudanças da Nota Técnica 2019.001 nas diferentes versões do documento, lançadas nos últimos anos.

Leia mais »
Nota Fiscal Falsa: Como evitar golpes
Nota Fiscal
Gabriel Hissatomi Davanzo

Nota Fria: o que é, como identificar e como evitar golpes?

A Nota Fria é todo documento que contém qualquer tipo de informação adulterada. Esse é um problema que nem sempre fica claro e até mesmo as partes não envolvidas na ação criminosa podem ser afetadas judicialmente.

Portanto, é essencial saber como identificar as notas falsas e como lidar com esses percalços para evitar fraudes e se prevenir contra este tipo de documento. Acompanhe o artigo de hoje e saiba como reconhecer a Nota Fria.

Leia mais »