Armazenamento na nuvem é seguro?

João Vallim

Conteúdo

A popularização do chamado cloud computing tem mudado a forma como organizamos nossos arquivos pessoais e empresariais. Mas com tantas notícias de ataques à sistemas e a perda de dados, como fica a segurança do armazenamento na nuvem?

No artigo de hoje, vamos entender melhor sobre como esses sistemas funcionam, destacando quais os padrões de segurança aplicados para garantir que tudo esteja bem protegido.

Como funciona o armazenamento na nuvem

Em linhas gerais, o cloud computing é um espaço de armazenamento virtual, formado por diversos servidores externos que são acessados via internet.

Ao invés de manter os arquivos salvos em um servidor ou computador local, os arquivos podem ser acessados de vários dispositivos diferentes de forma facilitada. Essa dinâmica permite uma maior flexibilidade para gerenciar esses dados.

Por exemplo: um documento disponível em um sistema de armazenamento de nuvem pode ser acessado ao mesmo tempo em um computador, tablet ou smartphone, desde que estejam conectados à internet.

Para saber mais, leia também: O que é cloud computing?

Mas afinal, o armazenamento na nuvem é seguro?

Considerando as configurações gerais e os sistemas utilizados pelas empresas que oferecem o cloud computing, podemos afirmar que sim, esse sistema é muito seguro! 

Mas para garantir essa segurança, existem algumas ações que dependem de nós, usuários. Por isso, é importante observar algumas práticas básicas, como veremos a seguir.

Cuidados com as senhas

Assim como em qualquer sistema, o cuidado com as senhas é o primeiro passo na segurança do armazenamento em nuvem. As principais ações para garantir a segurança aqui são a escolha de senhas.

Indica-se sempre o uso de sequências aleatórias de números, letras com variações de maiúsculas e minúsculas e caracteres especiais. Dessa forma, o código se torna difícil de decifrar, tornando-se mais seguro.

Além disso, vale lembrar que a atualização periódica das senhas é recomendada. Inclusive, em alguns casos é possível configurar o sistema para exigir que os usuários alterem seus códigos de acesso a cada período, seja mensal, semestral ou anual.

É importante também instruir os usuários a sempre manter os dados em sigilo, sem fornecer os acessos a terceiros. Outra dica é evitar o uso de salvamento automático de senhas nos navegadores e sempre realizar o logout ao finalizar o acesso à nuvem.

Atenção aos Equipamentos

No caso dos dispositivos móveis, é válido aplicar sistemas complementares de segurança, já que esses dispositivos são sempre levados para diversos lugares e estão mais suscetíveis a furtos ou roubos.

Uma funcionalidade útil nesse caso é o bloqueio à distância. Essa função está disponível em tablets, smartphones e notebooks. Vale verificar se estão aplicadas em todos os equipamentos que têm acesso ao armazenamento na nuvem.

Prevenção contra vírus

Para evitar ataques aos seus dados, outro passo importante é utilizar um sistema antivírus adequado. Mantenha-o sempre atualizado, para acompanhar as variações dos vírus que surgirem. Se possível, é válido também fazer uso da criptografia de dados.

Por fim, sempre verifique se os sites acessados informam que são seguros. Isso pode ser verificado no navegador, que apresenta um cadeado ao lado das URLs verificadas como seguras.

Organização dos dados

Manter os dados organizados também é uma forma de conservá-los seguros. Isso porque, ao organizá-los, é possível saber onde cada documento está e assim ter maior controle sobre eles.

Nesse ponto, vale destacar que é importante criar backups dos arquivos em mais de um compartimento virtual. Além disso, é sempre bom contar com sistemas de restauração e recuperação de dados, em caso de perda.

Confira mais conteúdos sobre documentos fiscais e SaaS em nosso blog.

João Vallim

João Vallim

Analista de marketing, nerd, videomaker e fotógrafo nas horas vagas.

Inscreva-se em nossa newsletter​

Receba nossos conteúdos exclusivos em primeira mão.

Explore outros conteúdos:

Nota Técnica 2023.004
Nota Fiscal
Hélio Marques

Nota Técnica 2023.004: novo evento para NF-e e NFC-e (ECONF)

documentos fiscais e recursos financeiros recebidos.

Assim, todos os que estão envolvidos no processo da emissão da Nota Fiscal eletrônica (NFe) e a Nota Fiscal de Consumidor eletrônica (NFCe), têm a possibilidade de anotar no documento fiscal as transações financeiras relacionadas através do Evento de Conciliação Financeira (ECONF).

No entanto, em 02 de fevereiro de 2024, foi lançada a versão 1.10 da NT 2023.004 com algumas alterações importantes. Acompanhe o artigo de hoje e entenda mais sobre essas mudanças.

Leia mais »
Nota Técnica 2019.001: Atualizações das Regras de Validação
Nota Fiscal
Douglas Pinheiro

Nota Técnica 2019.001: Atualizações das Regras de Validação

A Nota Técnica 2019.001 trata-se de um documento com alto impacto para desenvolvedores e demanda regras de validação mais rígidas. Por isso, passa por atualizações constantes, a fim de melhorar os serviços oferecidos aos consumidores.

Algumas de suas regras têm a ver com tópicos importantes, como benefícios fiscais, melhora do controle de documentos referenciados e a identificação do destinatário, descrição de informações do ICMS com mais precisão, entre outros tópicos.

A seguir, trazemos as mudanças da Nota Técnica 2019.001 nas diferentes versões do documento, lançadas nos últimos anos.

Leia mais »
Nota Fiscal Falsa: Como evitar golpes
Nota Fiscal
Gabriel Hissatomi Davanzo

Nota Fria: o que é, como identificar e como evitar golpes?

A Nota Fria é todo documento que contém qualquer tipo de informação adulterada. Esse é um problema que nem sempre fica claro e até mesmo as partes não envolvidas na ação criminosa podem ser afetadas judicialmente.

Portanto, é essencial saber como identificar as notas falsas e como lidar com esses percalços para evitar fraudes e se prevenir contra este tipo de documento. Acompanhe o artigo de hoje e saiba como reconhecer a Nota Fria.

Leia mais »