Armazenamento na nuvem é seguro?

You are currently viewing Armazenamento na nuvem é seguro?

A popularização do chamado cloud computing tem mudado a forma como organizamos nossos arquivos pessoais e empresariais. Mas com tantas notícias de ataques à sistemas e a perda de dados, como fica a segurança do armazenamento na nuvem?

No artigo de hoje, vamos entender melhor sobre como esses sistemas funcionam, destacando quais os padrões de segurança aplicados para garantir que tudo esteja bem protegido.

Como funciona o armazenamento na nuvem

Em linhas gerais, o cloud computing é um espaço de armazenamento virtual, formado por diversos servidores externos que são acessados via internet.

Ao invés de manter os arquivos salvos em um servidor ou computador local, os arquivos podem ser acessados de vários dispositivos diferentes de forma facilitada. Essa dinâmica permite uma maior flexibilidade para gerenciar esses dados.

Por exemplo: um documento disponível em um sistema de armazenamento de nuvem pode ser acessado ao mesmo tempo em um computador, tablet ou smartphone, desde que estejam conectados à internet.

Para saber mais, leia também: O que é cloud computing?

Mas afinal, o armazenamento na nuvem é seguro?

Considerando as configurações gerais e os sistemas utilizados pelas empresas que oferecem o cloud computing, podemos afirmar que sim, esse sistema é muito seguro! 

Mas para garantir essa segurança, existem algumas ações que dependem de nós, usuários. Por isso, é importante observar algumas práticas básicas, como veremos a seguir.

Cuidados com as senhas

Assim como em qualquer sistema, o cuidado com as senhas é o primeiro passo na segurança do armazenamento em nuvem. As principais ações para garantir a segurança aqui são a escolha de senhas.

Indica-se sempre o uso de sequências aleatórias de números, letras com variações de maiúsculas e minúsculas e caracteres especiais. Dessa forma, o código se torna difícil de decifrar, tornando-se mais seguro.

Além disso, vale lembrar que a atualização periódica das senhas é recomendada. Inclusive, em alguns casos é possível configurar o sistema para exigir que os usuários alterem seus códigos de acesso a cada período, seja mensal, semestral ou anual.

É importante também instruir os usuários a sempre manter os dados em sigilo, sem fornecer os acessos a terceiros. Outra dica é evitar o uso de salvamento automático de senhas nos navegadores e sempre realizar o logout ao finalizar o acesso à nuvem.

Atenção aos Equipamentos

No caso dos dispositivos móveis, é válido aplicar sistemas complementares de segurança, já que esses dispositivos são sempre levados para diversos lugares e estão mais suscetíveis a furtos ou roubos.

Uma funcionalidade útil nesse caso é o bloqueio à distância. Essa função está disponível em tablets, smartphones e notebooks. Vale verificar se estão aplicadas em todos os equipamentos que têm acesso ao armazenamento na nuvem.

Prevenção contra vírus

Para evitar ataques aos seus dados, outro passo importante é utilizar um sistema antivírus adequado. Mantenha-o sempre atualizado, para acompanhar as variações dos vírus que surgirem. Se possível, é válido também fazer uso da criptografia de dados.

Por fim, sempre verifique se os sites acessados informam que são seguros. Isso pode ser verificado no navegador, que apresenta um cadeado ao lado das URLs verificadas como seguras.

Organização dos dados

Manter os dados organizados também é uma forma de conservá-los seguros. Isso porque, ao organizá-los, é possível saber onde cada documento está e assim ter maior controle sobre eles.

Nesse ponto, vale destacar que é importante criar backups dos arquivos em mais de um compartimento virtual. Além disso, é sempre bom contar com sistemas de restauração e recuperação de dados, em caso de perda.

Confira mais conteúdos sobre documentos fiscais e SaaS em nosso blog.

Deixe uma resposta