API para envio de NFe usando o formato de arquivo do SEFAZ-SP

Além de usar o nosso formato YAML para autorização de Nota Fiscal eletrônica, agora você pode agora optar pelo formato reconhecido pelo emissor do SEFAZ-SP.

As URLs de comunicação continuam as mesmas, basta alterar o conteúdo enviado que o sistema reconhece automaticamente o formato enviado. Consulte a API para envio de NFe para consultar as URLs disponíveis.

O arquivo TXT segue uma estrutura hierárquica de grupos, que são determinados por letras (conforme o Manual de Integração do Contribuinte) e a delimitação dos campos de cada grupo pelo caractere “|” , denominado coloquialmente como pipe. Para entender a organização dos arquivos e saber como preencher os dados, você deverá consultar dois manuais:

  1. Manual do Layout TXT do SEFAZ-SP
  2. Manual de Integração do contribuinte

A descrição dos campos se encontra na página 7 do manual do layout TXT, e você deve comparar com a descrição do manual de integração do contribuinte, onde os campos são detalhados no Anexo I, a partir da página 148, do manual do contribuinte. Por exemplo, os dados do emitente são descritos na seguinte linha no layout TXT:

C|XNome|XFant|IE|IEST|IM|CNAE|CRT|

No manual do contribuinte você encontra a seção com a mesma letra “C – Identificação do Emitente da Nota Fiscal eletrônica” na página 153 onde você encontra a descrição de cada campo (xNome, xFant, IE, IEST, IM, CNAE e CRT). Faça o mesmo com o restante dos campos (veja que você pode omitir vários campos) e você poderá submeter o arquivo para autorização.

No momento a API está preparada para aceitar uma NFe por arquivo. Para submeter várias NFes basta realizar uma chamada na API para cada arquivo.

Quer integrar seu sistema para emissão de NF-e? Clique aqui, acesse nossa documentação e saiba tudo o que você para fazer a integração do seu sistema com a nossa API.