O que é uma API?

You are currently viewing O que é uma API?

API é uma série de padrões que possibilita o desenvolvimento de plataformas de um modo facilitado.

Para desenvolvedores, as API’s tornaram o trabalho mais prático na hora de produzir variados aplicativos e softwares. 

Um exemplo é o uso no desenvolvimento de apps para aparelhos smartphone baseados nesses padrões determinados.

Então, hoje vamos entender melhor o que é uma API, como esse sistema funciona e onde pode ser utilizado. Acompanhe!

O que é uma API e como funciona?

Do termo em inglês Application Programming Interface, uma API nada mais é que uma série de normas que visam a comunicação entre plataformas. 

Para que essa comunicação ocorra, a interface deve seguir protocolos e normas pré estabelecidas para a criação de novos softwares.

Portanto, uma API facilita e simplifica o trabalho dos desenvolvedores, ao passo que oferece um padrão onde se pode produzir aplicativos e plataformas capazes de acessar recursos de sistemas, softwares e aparelhos.

No caso dos celulares, por exemplo, utilizando uma interface de programação é possível acessar as funcionalidades da câmera. Isso facilita o desenvolvimento de novos aplicativos que utilizem os recursos de foto e vídeo,  sem a necessidade de criar uma nova interface desde o começo. 

Alguns exemplos de softwares que utilizam APIs para ter acesso a recursos de terceiros, como localização ou câmera, são o Google Maps e redes sociais como Tik Tok.

Mas e como funciona uma API?

Como funciona uma API

Uma API funciona por meio da comunicação de códigos, de modo que ela define como determinados objetos vão se comportar em uma interface. Assim, os aplicativos podem se comunicar entre si, sem a interferência do usuário.

Quais são os principais usos de uma API

Com essa ideia de facilitar processos de desenvolvimento, uma API torna possível criar novas plataformas a partir de um padrão. Isso simplifica a criação de novos aplicativos e softwares, uma vez que não é necessário desenvolver códigos personalizados. 

Leia também: Já é hora de buscar pela API Economy.

Outra questão, é que as APIs são de extrema relevância quando se trata de segurança.

Essas interfaces são habilitadas a bloquear o acesso e a permissão a dados que outras plataformas não podem utilizar.

Logo, as APIs podem ser utilizadas em diversas áreas.  Alguns exemplos são:

  • Aplicativos de comunicação: redes que são usadas diariamente e que usam a integração da lista de contatos da agenda com a do aplicativo. Exemplo: Messenger, Telegram, Whatsapp.
  • Redes Sociais: Algumas APIs unem redes sociais, tanto com a lista de contatos como nas atualizações do usuário na rede. Como é o caso das redes Instagram e Facebook.
  • Plataformas de pagamento: esse é o caso dos aplicativos e sites de modo geral onde acontece a integração entre a plataforma e a operadora de cartão de crédito no ato do pagamento. 
  • Comunicação de serviços: outro exemplo está no mercado financeiro, onde a comunicação se dá pelo sistema Open Banking, onde as informações dos usuários ficam disponíveis em uma base de dados padrão que consegue se comunicar com outras instituições.

Existem diversas vantagens em usar uma API, inclusive na integração de sistemas que emitem notas fiscais. Confira nosso outro artigo onde levantamos  essas questões: 7 vantagens de API para emissão de NFe

APIs e a tecnologia  

Sabemos bem que a segurança é algo de extrema importância quando se trata de dados e informações. Com as APIs não é diferente. 

Portanto, a criptografia é essencial para que uma API permaneça segura e confiável. 

Logo, os desenvolvedores devem manter-se atentos para a atualização dos certificados. Isso porque alguns sistemas como os que operam com dados financeiros e médicos, podem ficar vulneráveis ao ataque de hackers.

Saiba mais como as APIs podem influenciar empresas em: O conceito de API-First pode e deve impactar nos negócios

Conheça mais sobre API para notas fiscais com o Focus NFe.

Deixe uma resposta