Saiba como é possível aprimorar os serviços nas empresas de SaaS

Saiba como é possível aprimorar os serviços nas empresas de SaaS

Quem trabalha no mercado de SaaS sabe que o nível de competitividade é elevado. Ainda que, em busca de redução de custos, muitas empresas tenham migrado para esse modelo, manter e atingir novos públicos é uma tarefa complexa.

Nesse sentido, uma das melhores formas de se manter com um bom nível de competitividade é investindo em práticas para aprimorar os serviços.

Mas como isso é possível? Quais os melhores mecanismos para aprimorar os serviços em um meio como o SaaS? Veja no nosso post abaixo!

Personalização de recursos

A possibilidade de personalizar um recurso é uma das melhores formas de dinamizar o uso de ferramentas. Se o usuário tem acesso a mecanismos para otimizar os recursos de uma aplicação, as chances de ela ser integrada completamente ao seu dia a dia serão muito maiores.

Portanto, crie e documente de modo claro e objetivo um conjunto de APIs que o usuário possa utilizar para personalizar a sua ferramenta. Assim, ele conseguirá aprimorar os serviços contratados rapidamente e com segurança, sem que isso implique em problemas de compatibilidade ou performance.

Melhorias na interface

A interface de um sistema sempre pode ser otimizada, principalmente em um mercado como o SaaS. Ter um layout bem estruturado evita a perda de produtividade, melhora a experiência de uso e torna o usuário mais fidelizado. Ou seja, um layout de qualidade é um passo básico para o sucesso da sua aplicação.

Portanto, sempre trabalhe para otimizar a interface de seus sistemas. Ao aprimorar os serviços, coloque esse item como um de seus principais. Afinal de contas, o design do sistema é o primeiro detalhe a ser reparado pelo consumidor.

Se possível, forneça temas e opções diferentes de layout. Caso a aplicação seja executada via web, não deixe de investir em um layout mobile, que seja capaz de entregar uma ótima experiência de uso mesmo nos aparelhos móveis como tablets e smartphones.

Também trabalhe para que os designers sigam boas linhas de interface. O ideal é que elas estejam alinhadas com os sistemas dos usuários, o que criará uma experiência mais integrada. Dessa forma, a adaptação ao sistema será mais ágil e prática.

Conheça o seu público-alvo

Esse é um dos pontos mais importantes para quem pretende aprimorar os serviços de SaaS fornecidos pela empresa. Se o negócio não consegue conhecer o seu público-alvo, ele tem sérias dificuldades para definir recursos, identificar demandas, priorizar a otimização de recursos e evitar a perda da competitividade da aplicação.

Portanto, faça pesquisas e análise de dados para identificar qual é o perfil de uso dos seus usuários. Avalie quais as suas maiores necessidades e problemas diários.

Esse processo pode ser pautado por várias bases. A análise de logs de uso, por exemplo, dá ao gestor uma visão ampla sobre quais as funcionalidades são mais utilizadas pelos usuários no seu dia a dia e os erros que o produto apresenta no ambiente de produção.

Outra estratégia que permite conhecer melhor o público alvo do produto e, assim, ter meios mais inteligentes para aprimorar os serviços é a coleta de informações por feedbacks e pesquisas. Assim, a empresa conseguirá estabelecer laços com o seu consumidor e identificar o seu perfil diretamente, melhorando a sua otimização de serviços.

Forneça testes

O investimento em novas tecnologias, em um cenário de crise, muitas vezes é visto com cuidado pelas empresas. Há poucos recursos que podem ser gastos, o que torna a margem a riscos muito baixa. Como consequência, vendedores têm mais dificuldades para atrair novos clientes.

Uma das formas de evitar que o negócio perca oportunidades é incentivando consumidores a testarem os seus produtos. Crie versões de avaliação dos seus sistemas para que um cliente em potencial consiga experimentar parte dos recursos, avaliar se existe um valor agregado no software e, assim, se motivar com mais intensidade a finalizar a compra.

Existem dois modos de fornecer o teste de um sistema. O trial e o freemium. Cada um dos dois têm uma experiência de uso diferente, portanto, a empresa precisa conhecer o perfil de seu consumidor para avaliar a melhor escolha.

No trial, o cliente tem acesso a todos os recursos da aplicação por um tempo limitado. Dessa forma, ele pode avaliar todos os recursos profundamente e, assim, obter uma visualização de como a ferramenta seria integrada ao seu dia a dia.

Já o modelo freemium permite o uso da ferramenta, em geral, por um período ilimitado. A limitação, porém, está nos recursos disponibilizados aos usuários: o usuário utilizará apenas funcionalidades básicas, o que exige o licenciamento de toda a ferramenta caso o cliente queira ter acesso ao sistema completo ou funcionalidades avançadas.

Tenha uma boa política de versionamento

Hoje, muitos softwares contam com uma rotina de updates ágil. Diante das pressões do mercado e da entrega de aplicações pela nuvem, a integração de novas funcionalidades passou a ser feita com uma alta frequência.

Isso criou um novo desafio para o gestor de TI. Diante do maior número de updates (e do menor intervalo entre eles), controlar as mudanças em cada versão do sistema é um processo que envolve mais fatores.

Portanto, para garantir que as atualizações sejam capazes de aprimorar os serviços de SaaS da empresa, é fundamental ter um bom processo de versionamento. O gestor precisa manter mecanismos para evitar que as versões tenham conflitos e sejam entregues com o menor número de bugs e falhas de segurança possível ao usuário. Dessa forma, novas funcionalidades serão integradas ao dia a dia de cada cliente sem grandes problemas.

O mercado de SaaS é conhecido pela sua alta competitividade. Para ter um bom nível de fidelização de consumidores, a companhia precisa definir uma estratégia de mercado inteligente e alinhada com o perfil de seus usuários, sempre visando aprimorar os serviços.

Esse é um trabalho contínuo. Diariamente, o negócio precisa encontrar pontos que necessitem de melhorias e que sejam capazes de melhorar a competitividade do empreendimento. Dessa forma, será mais fácil atingir novos consumidores e evitar a perda de clientes antigos.

Gostou desse post e quer saber mais sobre como melhorar as suas estratégias de vendas de produtos SaaS? Então fale com a gente!

Utilize uma API para emissão de documentos fiscais eletrônicos

Nota Fiscal eletrônica é assunto sério e pode dar muito trabalho para seu time de desenvolvimento. Mas você não precisa se preocupar e nem ter um custo alto para terceirizar a emissão destes documentos. A Focus NFe é uma plataforma especializada em documentos fiscais. Atua no mercado desde o surgimento desta tecnologia. Empresas de todos os portes já emitiram mais de 11 milhões de documentos fiscais.

Veja abaixo a lista de todas as APIs disponíveis na Focus NFe

  • NFe: Emita Nota Fiscal Eletrônica
  • NFSe: Nota de serviço com um formato único e simplificado
  • NFCe: Nota ao consumidor
  • CFe SAT: Em SP? Sem problemas, temos integração com SAT também.
  • CTe: Conhecimento de transporte eletrônico (inclusive CTe OS)
  • MDe: Receba por webhooks todas as notas emitidas para o seu CNPJ

Além de APIs acessórias úteis para o seu software.

  • CEP: Busca de CEPs sempre atualizada com a base de dados dos Correios
  • CFOP: Consulte todos os códigos fiscais de operação
  • NCM: Mantenha o cadastro de produtos de seu cliente sempre correto com o código NCM padronizado